A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que pelo menos 37% da população brasileira, cerca de 60 milhões de pessoas, convivem com a dor gerada pela má postura ao manusear os smartphones. O número já é mais do que a média mundial que é de 35%. Uma pesquisa realizada pela FIA (Fundação Instituto de Administração), em parceria com a Agência Brasil, destaca que 67% dos entrevistados que estão em home office tiveram dor nas costas.

De acordo com a pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), os celulares ativos já somam 230 milhões no Brasil, o Brasil tem mais dispositivos digitais do que brasileiros, uma média de dois smartphones, notebooks, computadores ou tablets por habitante. Por isso, profissionais da saúde estão alertando os usuários com relação à postura ao utilizar os aparelhos. Se não for corrigida, pode gerar dor crônica e lesões que podem até precisar de cirurgia.

A Coordenadora do serviço de Fisioterapia do Hospital São Camilo Fortaleza, Kalina Queiroz, compartilha que houve um aumento na procura por fisioterapia devido uma postura errada no home office. “Muitas vezes o ambiente doméstico não oferece as melhores condições para execução das tarefas, muitos não tem um escritório próprio para passar horas trabalhando em casa e ter os devidos cuidados com a postura. No geral, as pessoas têm relatado que estão adaptando escritórios domésticos utilizando mesas de jantar, muitas ainda, acabam trabalhando na cama ou sentados no sofá. Sem a ergonomia adequada os malefícios podem ser inúmeros e causar graves consequências”, conta.

Kalina comenta que o peso que a cabeça humana exerce sobre a coluna para uso de celular é diretamente influenciado pelo ângulo no qual ela se encontra. “A postura da cabeça para frente e para baixo aumenta a carga nas articulações e ligamentos da coluna cervical, além de aumentar a demanda da musculatura posterior do tronco. Isso pode levar ao desenvolvimento de deformidade óssea, inflamação ligamentar, pinçamento nervoso, estiramento muscular, além de diversas outras condições”, explica.

Algumas soluções para evitar, tratar ou reverter o quadro passam pela educação da população sobre a postura correta. Ela deve ser adotada durante o período de uso dos aparelhos eletrônicos. Diminuir o tempo de uso de aparelhos móveis ou fazer pequenos intervalos para alongar a musculatura são estratégias que diminuem o risco de ocorrência de lesões. O correto posicionamento abrange manter o pescoço na posição neutra, alinhar os lóbulos das orelhas com o centro dos ombros e projetar o olhar para a linha do horizonte, levar a tela do celular até pouco abaixo da altura dos olhos. “Nada de ficar com o computador no sofá ou na cama. Use cadeira com encosto adequado, de preferência com apoio para os braços, para manter uma postura adequada ao usar o teclado. É importante manter os pés apoiados no chão ou em algum suporte, dessa forma reduz a pressão causada sobre as costas, o dorso deve ficar apoiado no encosto da cadeira”, orienta Kalina.

A fisioterapeuta orienta alguns alongamentos simples:

  1. Sente-se em uma cadeira com a postura ereta e incline a cabeça para o lado. Mantenha uma mão segurando a cabeça por 20 segundos. Repita o movimento para o outro lado. Este alongamento é ótimo para relaxar a musculatura e tirar toda a tensão dos ombros.
  2. Ainda sentado na cadeira, estique os braços para o alto o máximo que conseguir, mantendo por 20 segundos. Mesmo sentado, este exercício trabalha toda a musculatura dos membros superiores, alinha as vértebras, e alivia a tensão da parte superior do corpo.
  3. Sentado, cruze uma perna e estique o corpo para frente com as mãos estendidas ao lado do corpo, mantendo por 20 segundos para cada perna. Este alongamento trabalha a musculatura da lombar e alonga o nervo ciático.
  4. Para soltar a musculatura e a tensão das costas, sentado, entrelace as mãos com os braços estendidos na frente do corpo e incline o corpo para frente mantendo por 20 segundos.
  5. Ainda sentado, estique um pé para a frente e estenda o corpo tentando encostar a mão no pé, mantenha por 20 segundos para cada pé. Além de auxiliar na circulação sanguínea da panturrilha, o exercício também alonga e diminui a tensão na lombar.
  6. Para alongar a musculatura dos braços e dos ombros, cruze os braços na frente do corpo, com um esticado e o outro dobrado, e tracione até sentir alongar, mantenha por 20 segundos para cada lado.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here